Nos pênaltis, TEC passa pelo Operário e decide título com o Coritiba

Nos pênaltis, TEC passa pelo Operário e decide título com o Coritiba

Fantasma empata no fim, leva partida para os pênaltis, mas para em mais uma noite iluminada de Andre Luiz

 

Nos pênaltis, o Toledo Esporte Clube venceu o Operário por 3 a 1, neste domingo (17), e está na final da Taça Barcímio Sicupira Junior. No tempo normal, as equipes terminaram com igualdade no marcador em 1 a 1 jogando no Estádio 14 de Dezembro.

 

Na outra semi a classificação também foi decidida em cobranças de pênaltis. O Coritiba derrotou o FC Cascavel por 5 a 3 e disputa o título com o Toledo no próximo domingo (24), no Couto Pereira.

 

EMPATE AMARGO

No início da partida o Toledo adotou um sistema ofensivo e foi para cima do Operário em busca do primeiro gol, e funcionou. Aos sete minutos do primeiro tempo, Pacato brigou pela bola no alto e ela sobrou nos pés de Eduardo Dallagnol para abrir o placar, 1 a 0.

 

Com a vantagem no marcador o Porco buscava aproveitar dos contra-ataques para surpreender o Fantasma. Após sair na frente, a equipe suportou a pressão do OFEC durante 86 minutos e desperdiçou várias oportunidades de ampliar o marcador. No futebol, o velho ditado realmente funciona: quem não faz, acaba levando.

 

Cleyton chutou forte, a bola desviou no meio do caminho e enganou André. Com o empate do Fantasma, aos 44 minutos do segundo tempo, a classificação foi decidida nas penalidades.

 

“SANTO” ANDRE LUIZ

Nas cobranças alternadas o goleiro do Toledo brilhou mais uma vez. Revson, Willian Darros e Guilherme Rend marcaram, garantindo a equipe na final da primeira taça do Estadual.

 

Revson colocou a equipe do Oeste em vantagem logo no início enquanto Schumacher mandou para fora, 1 a 0.

 

Eduardo Dallagnol desperdiçou para os donos da casa e Robinho deixou tudo igual no 14 de Dezembro.

 

Na terceira cobrança Simão defendeu mais uma, desta vez no chute do volante Netto. Na sequência, Cleyton acertou o travessão, 1 a 1.

 

Willian Darros colocou o Toledo novamente em vantagem convertendo a quarta batida. O atacante do Porco contou com a grande defesa do goleiro André Luis, que pulou no canto esquerdo na cobrança de Lucas Batatinha, para colocar o time novamente em vantagem.

 

Guilherme Rend, bateu com perfeição (e muito frio na barriga na torcida) e colocou o Toledo na final, 3 a 1.

 

Parabéns a todos por essa classificação histórica! Equipe, comissão técnica, torcida, imprensa… Foi fenomenal!!! Queremos mais!!!

 

Vamos a Curitiba buscar esse caneco!!! A final será no Couto Pereira, Curitiba, no domingo dia 24 de fevereiro às 16h00.

 

Obrigado…

 

Texto e fotos: Assessoria do Toledo Esporte Clube

Confira todas as fotos do confronto! (clique aqui)